A vida à roda ou a roda da vida?

Todos já passámos por situações que nos deixaram a pensar no carrossel da vida: como não percebendo o que se está a passar, não aceitando ou ficando à espera que um dia melhore, aconteça “aquela cena” ou haja condições… seja lá para o que for.

Mas quando nos distanciamos e olhamos “de fora” conseguimos avaliar em diferentes áreas da nossa vida como está o seu equilíbrio. Isso dá-nos clareza para perceber alguns porquês, como gostaríamos que fosse e o que temos de fazer para chegar lá.

É com base nesta premissa e nesta visão do todo, em que para sermos saudáveis não podemos olhar apenas para o que comemos, para o que colocamos no nosso prato quando estamos à mesa, que devemos olhar para o como vivemos, percebendo quais as escolhas que colocamos no “prato da vida” todos os dias.

Com quem nos relacionamos, as preocupações que temos ao nível financeiro, se apostamos em aprender e desenvolver novas competências, se nos mexemos, se vivemos com alegria cada dia como se fosse o último.

E se isto parecem chavões desafio-vos a avaliar de 0-10 cada uma das áreas abaixo. Pensem como se sentem, listem o que está bem e o que poderia estar melhor.

Deixo o desafio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com
%d bloggers like this: