Diário de um Covid 2-3 Não Covid: dia 6/x

Sempre achei que era uma questão de dias até que o bicho nas batesse à porta.

E de tantas histórias que já ouvi e com tanto que a ciência já sabe e outro tanto que não sabe, não há padrão nem sabemos o que esperar.

Bateu na baby M. Febre. Dores de cabeça. Dores no maxilar. Menos de 24h disto a respirar e dormir em cima de mim e ficou bem.

Eu comecei com um pingo que se alongou para sintomas de uma crise de rinite alérgica. Daquelas que teimam em passar e que só passavam à base de medicação… mas eu desde que deixei de estar no escritório diariamente nunca mais tive uma crise. Larguei por completo a medicação. (ainda dizem que os ar condicionados e a qualidade do ar é boa!). Zero cenas para tomar em casa. E quase zero oxigenação no cérebro.

Restantes elementos negativos. Seja porque não acusa nos testes, porque tosse há, seja porque o bicho não gostou deles.

Valha-nos esta variante que se diz mais contagiosa mas mesmo intensa nos sintomas.

Não sei se ficaremos “despachados” temporariamente da coisa. Mas o meu calcanhar de aquiles é esta rinite. E o gajo percebeu como me agarrar!

Bem vou ali a mais um duche, mais uns vapores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com
%d bloggers like this: