Tarte de dióspiro

Depois de vários dias com “resmas” de dióspiros moles a “morrer” no frigorífico, lembrei-me que há coisa de 2 anos (🫣) tinha adaptado uma receita da Filipa Gomes. Ficou perdida e por completar aqui no meio dos rascunhos.

Relembrei alguns ingredientes. Adaptei ao que hoje tinha e em casa e sai uma tarde com uma das minhas frutas de outono preferidas.

Não usei todos os dióspiros nesta tarde. Congelei. E será este gelado a acompanhar a tarte. 😉

Ingredientes:

Para a base

  • 120 gr de manteiga de pasto amolecida
  • 150 gr de tâmaras sem caroço previamente demolhadas (podem utilizar pasta de tâmara)
  • 240 gr de farinha de amêndoa e castanha brasileira (usei amêndoas sem pele que triturei grosseiramente)
  • 1 ovo

Para o recheio

  • 400 gr dióspiros de roer triturados ou dióspiros moles
  • 4 colheres de chá de canela em pó
  • 1 ovo
  • 100 gr de farinha de amêndoa sem pele
  • 2 dióspiros de roer fatiados para decorar

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Misturar os ingredientes para a base. Forrar uma forma de tarte com papel vegetal e levar ao forno pre-aquecido durante 15 minutos.

Envolver os ingredientes para o recheio da tarde.

Colocar sobre a base. Decorar com os dióspiros fatiados. Polvilhar com um pouco de canela. Levar ao forno 40 a 50 minutos.

Deixar arrefecer antes de servir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com
%d bloggers like this: